Sieg Heil

25 de fev de 2010

Sieg Heil é uma expressão alemã que significa "Vitória Salve" ou "Salve Vitória". Durante a era Nazi, era um cumprimento comum entre radicais políticos. Ao se encontrar alguém, era costume no nazismo cumprimentar-se utilizando a saudação de Hitler ao proferir as palavras "Heil Hitler!", que significam "Salve Hitler!".

O termo "Sieg Heil" era reservado para reuniões em massas como as de Nuremberg, onde "Sieg Heil" era aclamado em unanimidade por milhares. Geralmente um oficial nazi dizia no microfone "Sieg" e então a massa respondia com o termo "Heil", e então repetia-se o termo várias vezes aumentando o tom de voz. Também os soldados geralmente levavam banners com o slogan "Sieg Heil" junto com a suástica.

O partido nazista fez um pingente em 1933 mostrando a grinalda da vitória, a Suástica e as palavras "Sieg Heil".

A expressão em si surgiu durante uma reunião, quando Joseph Goebbels disse "Sieg Heil" e todos o acompanharam (no entanto uma pessoa próxima de Hitler, Ernest Hanfstaengl, alega que Hitler criou o termo). Desde que o nazismo ingressou na guerra, "Sieg Heil" se tornou uma forma de enfatizar a idéia de que os arianos são uma raça superior; saudar a guerra era como dizer que todos os inimigos seriam eliminados, e um modo pseudo-darwinista (evolucionista), de se dizer que a seleção natural seria colocada em prática.

Dizer a frase na Alemanha hoje pode acarretar até três anos de prisão como punição. O mesmo vale para expressões que equivalham a "Sieg Heil". Usar a expressão para arte, aulas ou ciências é isento de punições.