Panzerkampfwagen IV

6 de jun de 2011 0 comentários

Fonte: Blog "A vida no Front"

PzKpfw IV D (Panzer IV)
Carro de combate leve (Krupp)


Fabricante: Krupp - Alemanha
Tripulação: 5
Comprimento: 5.91 - Largura: 2.86M - Altura: 2.68M
Peso vazio: 18100Kg. - Peso preparado para combate: 20000Kg.
Sistema de tração:Lagartas
Motor: Maybach HL 120TRM Potência: 300 cv
Velocidade máxima: : 42 Km/h - Velocidade em terreno irregular: 20 Km/h
Tanque de combustível: 470 Litros Autonomia máxima: 200Km


Informação genérica:
Numericamente, trata-se do mais importante carro de combate alemão durante a II Guerra Mundial. O Panzer.IV foi o unico tanque alemão produzido durante toda a guerra, e provavelmente durante mais tempo que qualquer outro carro de combate durante o conflito.
Inicialmente o Panzer-IV era um tanque de apoio, com um canhão de 75mm destinado não a perfurar a blindagem dos tanques inimigos, mas sim a atacar a infantaria inimiga em pontos fortificados, onde uma peça de alta velocidade não tinha grande utilidade. A função de atacar os blindados inimigos estava aliás destinada ao Panzer-III (mais pequeno).

Mas a partir de 1941, com a invasão da União Soviética, os alemães entenderam que o armamento de 37mm e de 50mm dos seus tanques Panzer-III não era suficiente para derrotar a blindagem dos tanques russos T-34 e KV-1, que embora estivessem operacionais apenas em pequenas quantidades, foram considerados como uma ameaça temível.

Tendo chegado à conclusão de que o Panzer III (por definição o veículo destinado à função anti-tanque) era muito pequeno para colocar canhões maiores, foi decidido que o Panzer-IV (como também era conhecido o PzKpfw-IV) seria o principal tanque alemão na luta contra a Rússia.

A partir de 1941, e como resultado da invasão da URSS o Panzer IV, que era o maior tanque alemão, mas não tinha sido concebido para atacar blindados, começa a ser modificado com o objectivo de alterar completamente a sua função. .Informação genérica:
Numericamente, trata-se do mais importante carro de combate alemão durante a II Guerra Mundial. O

Panzer.IV foi o unico tanque alemão produzido durante toda a guerra, e provavelmente durante mais tempo que qualquer outro carro de combate durante o conflito.
Inicialmente o Panzer-IV era um tanque de apoio, com um canhão de 75mm destinado não a perfurar a blindagem dos tanques inimigos, mas sim a atacar a infantaria inimiga em pontos fortificados, onde uma peça de alta velocidade não tinha grande utilidade. A função de atacar os blindados inimigos estava aliás destinada ao Panzer-III (mais pequeno).

Mas a partir de 1941, com a invasão da União Soviética, os alemães entenderam que o armamento de 37mm e de 50mm dos seus tanques Panzer-III não era suficiente para derrotar a blindagem dos tanques russos T-34 e KV-1, que embora estivessem operacionais apenas em pequenas quantidades, foram considerados como uma ameaça temível.
Tendo chegado à conclusão de que o Panzer III (por definição o veículo destinado à função anti-tanque) era muito pequeno para colocar canhões maiores, foi decidido que o Panzer-IV (como também era conhecido o PzKpfw-IV) seria o principal tanque alemão na luta contra a Rússia.
A partir de 1941, e como resultado da invasão da URSS o Panzer IV, que era o maior tanque alemão, mas não tinha sido concebido para atacar blindados, começa a ser modificado com o objectivo de alterar completamente a sua função. .

0 comentários: