Mestres do extermínio: Os componentes do Einesatzgruppen

21 de nov de 2010 1 comentários

As unidades de extermínio eram na maioria das vezes compostas por oficiais da Gestapo, da SD e da Kripo, embora os soldados rasos aparentemente tivessem sido extraídos da Waffen-SS e da Ordnungspolizei. AS próprias execuções constituíam situações pavorosas.

Uma testemunha do exército que presenciou uma execução em massa em Dubno no outono de 1942 relatou: Ouvíamos tiros das adjacências do poço. Os judeus que ainda estavam vivos recebiam ordens de jogar os corpos no poço e, então, eles próprios tinham que se deitar no poço para levar um tiro no pescoço". Nem todos eram baleados. Um relatório de um Einesatzgruppen compilado logo após a invasão da União Soviética dizia: "Somente as crianças não eram metralhadas. Eram agarradas pelas pernas, suas cabeças eram golpeadas contra as pedras e eram, em seguida, enterradas vivas".